Agri

Ministra Verónica Macamo ao proceder o lançamento do Plano de Resposta HumanitáriaMinistra Verónica Macamo ao proceder o lançamento do Plano de Resposta HumanitáriaA Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Nataniel Macamo Dlhovo, enalteceu o Plano da ONU de Resposta Humanitária -2021para Cabo Delgado. 

 

Discursando em Maputo perante vários directores regionais das Agências das Nações Unidas em visita ao nosso país, a Ministra Macamo afirmou que “a realização deste encontro transcende quaisquer considerações, pois, visa promover um exercício que tem como finalidade assegurar a mobilização de recursos para responder às necessidades de emergência humanitária que se regista neste momento na Província de Cabo Delgado, na sequência da devastação e crueldades levadas a cabo por grupos terroristas”.

 

Na reunião realizada na sexta-feira, dia 18 de Dezembro de 2020, no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, a Coordenadora Humanitária da ONU em Moçambique, Myrta Kaulard, apelou à mobilização de 254 milhões de dólares para assistência e protecção a mais de um milhão de pessoas afectadas pelo terrorismo em Cabo Delgado.

 

Ministra Macamo enaltece Plano Humanitário da ONU para Cabo Delgado

A Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Nataniel Macamo Dlhovo, enalteceu o Plano da ONU de Resposta Humanitária -2021para Cabo Delgado.

Discursando em Maputo perante vários directores regionais das Agências das Nações Unidas em visita ao nosso país, a Ministra Macamo afirmou que “a realização deste encontro transcende quaisquer considerações, pois, visa promover um exercício que tem como finalidade assegurar a mobilização de recursos para responder às necessidades de emergência humanitária que se regista neste momento na Província de Cabo Delgado, na sequência da devastação e crueldades levadas a cabo por grupos terroristas”.

Na reunião realizada na sexta-feira, dia 18 de Dezembro de 2020, no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, a Coordenadora Humanitária da ONU em Moçambique, Myrta Kaulard, apelou à mobilização de 254 milhões de dólares para assistência e protecção a mais de um milhão de pessoas afectadas pelo terrorismo em Cabo Delgado.